BH recebe equipamento com a funcionalidade de contar as bicicletas presentes na cidade

O que você diria de um equipamento que tem a capacidade de contar o número de bicicletas que passa por uma ciclovia? Seguindo a tendência das grandes cidades que desenvolvem projetos sobre mobilidade urbana, a capital mineira sai na frente e a partir de sexta-feira, 1º de julho, um Totem estará instalado na ciclovia da Avenida Bernardo Monteiro, esquina com Avenida Afonso Pena com essa funcionalidade.

Contagem é ideal para implementação de políticas de transporte usando bicicletas. Foto: Instagram / bhemciclo

Belo Horizonte é a segunda cidade no país, junto com São Paulo, a adotar esse dispositivo contador, e a quarta na América Latina. O objetivo da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da BHTRANS e o GT Pedala BH, com apoio do Banco Itaú e demais grupos de ciclistas é utilizar essas informações nas futuras ações do Pedala-BH. O totem foi doado pelo Banco Itaú e reforça o compromisso da instituição com a mobilidade urbana sustentável na capital mineira. Outro projeto em parceria com o banco são as já famosas bicicletas “laranjinhas” do BikeBH.

Como funciona: O contador detecta bicicletas de tamanhos e formatos diferentes nas duas direções. A contagem é feita em tempo real, ou seja, os números são atualizados conforme as bicicletas circulam no local. A detecção é realizada por leitores magnéticos posicionados no solo, onde está pintada a ciclovia, que analisam com precisão a massa eletromagnética das bicicletas. No painel do totem a quantidade de ciclistas é exibida em três contagens: diária, mensal e anual.

Para conviver de forma harmônica é importante que pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas se respeitem mutuamente e que a bicicleta tenha prioridade sobre os carros e motos, conforme prevê a legislação. A Campanha reforça que a cidade tem espaço para todos. Com gentileza e respeito podemos fazer com que o trânsito seja mais tranqüilo e dinâmico.

Com informações da BHTrans
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário