As gírias dos ciclistas

O mundo do pedal é recheado de frases e gírias bem peculiares e regionais, nesse artigo tentamos reunir algumas centenas de gírias bastante utilizadas pelo país.





Para quem ainda está começando a pedalar é bom já se familiarizar, em breve você vai estar falando esse novo “idioma”.

Suspa
Suspensão da bike.

Bike
Bicicleta : )

Bicicleteiro
Ciclista mais humilde, que usa a bike para trabalhar. Termo preconceituoso.

DH
DownHill, trecho ou percurso de descida.

Coroão
Maior coroa do grupo.

Pedal
Pedalar, Ex: Fiz um pedal de 50km.

Soca a Bota
Pedalar forte, Ex: Soca bota mermão!

Puxa o cabo
Pedalar forte.

Ratoeira
Bicicleta.

Macaquinho
Cambio.

Cachimbo
Mesa, avanço, suporte de guidão.

Girar
Pedalar, Ex: Vamos girar hoje?

Magrela
Bicicleta.

Nuvenzinha
Bicicleta de origem do Distrito Federal.

Praieira
Bicicleta de origem do litoral, Rio de Janeiro, Baixada Santista.

Rolé
Passeio de bike, Ex: Vamos dar um rolê?

Pinhão
Catraca, Cassete ou K7 da bicicleta.

K7
Catraca ou Cassete da bicicleta.

Lanterninha
Ciclista que fica sempre pra trás.

Cozinha
Grupo que fica no fundão do pelotão, ou seja, na cozinha.

Camelinho
Bicicleta.

Tubo
Espiga.

Pratão/Prato/Pratinho
Coroa, média e coroinha.

Cata foice
Ruin de roda, PDR.

PDR
Pau de Rato.

Pau de Rato
Ciclista ruim de roda, fraco, sem força.

Balança
Triangulo trazeiro da bike.

Roda fixa
Pinhão fixo.

Fixa, Fixie
Bicicleta fixa, com apenas um pinhão.

Gazela
Bicicleta speed, de estrada.

Capote
Capotar, cair da bike.

Punho
Manopla.

Espiga
Canote da suspensão.

Dar no rim
Forçar, dar o máximo no pedal.

Papo úmido
Muito barro, terreno com muita lama.

Picapau
Aquele com equipamento “top” e não anda nada.

Mordida de cobra
Quando o pneu é mordido na lateral.

Afogou
Não teve folêgo para aguentar o pedal, afogou.

Fritou
Não suportou até o final do pedal, simplesmente fritou.

Queimou as pernas
Ficou fraco, fadigou.

Massa, Maza
Cubo, traduzido do espanhol.

Gatilho
Passador, rapidfire.

Rapidfire
Gatilho, Passador.

Esmerilhar
Socar a bota, pedalar forte.

Migão
Andar só na roda da frente.

Comprar um terreno
Caiu na trilha comprou um terreno.

Puxar um bob
Fazer um bunny hop, manobra.

Fritar as pernas
Ficar com as pernas queimando.

Rolha
Ciclista lerdo, travado, que anda devagar.

Girinho
Pedal curto, sem compromisso, só para esticar.

Esticar
Avançar a frente no pelotão.

Cupim de ferro
Ciclista que destrói tudo.

Ogro / Sherek
Ciclista que destrói tudo.

Caça Foice
Ciclista que queima o filme.

Chifrinho
Bar end.

Pedaleira
Pedal com firma pé.

Camelo
Bicicleta.

Camelada
Pedalar, dar um rolé, Ex: Vamos dar uma camelada.

Cabrito
Bike roubada.

Cafão
Bike ruim.

Calanga
Bicicleta.

Pangá / Pangare
Ciclista fraco, que pedala pouco.

Batendo latas
Ciclista cansou e sobrou no pelotão, entrou em exaustão.

Curva de cano cheio
Tirar uma curva rápida.

Saindo a troperiar
Sequencia de tiros durante uma prova.

Queimando os carvões
Apertando o ritmo/cadencia.

Dilatando a veia do sfincter
Fazendo muita força.

Fritando pneus
Arrancando pra definir fugas.

Cuspindo no balde
Dando um tempo pra recuperar.

Despencando em lágrimas
Ciclista cansou e sobrou no pelotão, entrou em exaustão.

Cravando as unhas no guidão
Fazer força nas subidas.

Fazendo firula
Escondendo o jogo se fazendo que esta bem, na verdade quase fritando.

Amorcegando
Escondendo o jogo pra não entrar na escarela e não trabalhar com os demais ciclistas.

Escondendo o leite
Ciclista está em fuga e começa a choradeira, surgem as cãimbras mas é tudo mentira para em algum momento se colocar em fuga para tentar definir a competição.

Metendo no piresinho
Entrando com a corrente na coroa menor.

Metendo no volante
Entrando com a corrente na coroa maior.

Lento no volante
Trata-se do ciclista q anda pesado.

Girando na tampa da panela
Trata-se do ciclista que gira muito em transmissão alta.

Tiro de cola erguida
Dando tiros e cortando na frente do pelotão.

Pingando na roda
Ciclista que perdeu completamente as forças e nem no vácuo consegue se manter.

Mangonaço
Ciclista trapalhão que entra na frente da escalera/pelotão corta para os lados colocando os outros ciclistas em perigo.

Stilingaço
Ação em que o ciclista entra na curva de cano cheio e faz a frenagem no limite pra poder logo em seguida tirar a curva na frente.

Bordoada
Tiro forte nas transmissões de baixo (53/12).

Paliteiro
Situação em que o pelotão de ciclistas ficam espalhados por ataques seguidos.

Pelotão
Grande grupo de ciclistas que pedalam juntos.

Grupeto
É um pelotão pequeno, geralmente dos atletas que ficaram para trás do pelotão principal.

Fuga ou escapada
Quando um ciclista ou mais ciclistas deixam o pelotão principal na tentativa de abrir vantagem e ganhar tempo ou tentar a vitória.

Sprinter ou velocista
É o ciclista com grande explosão muscular (arrancada) especializado em chegadas, geralmente vence as provas em que o pelotão chega compacto. Um sprintista pode passar chegar aos 80km/h em um sprint final.

Escalador ou montanheiro
Ciclista especializado em subida de montanha.

Passista
Mesmo não sendo escola de samba, o ciclismo também tem o passista que é aquele atleta que consegue manter um ritmo forte durante um longo tempo. Geralmente tenta vencer as provas escapado ou trabalha em função da equipe. O passista também se destaca nas provas de contra-relógio individual.

Gregário
É fundamental em uma equipe. Estes atletas abdicam do sucesso pessoal para servir a equipe e ao líder. Colocam a cara no vento, neutralizam fugas, e ainda buscam água e alimentos. É praticamente impossível ganhar uma competição sem um bom gregário.

Camelar
Fala-se quando um gregário tem que ficar muito tempo puxando o pelotão (camelando) para ajudar seu companheiro de equipe.

Contra-relógio
Modalidade dentro do ciclismo em que um ciclista tem que pedalar um percurso no menor tempo possível. O atleta larga sozinho e seu tempo é cronometrado. Não é permitido pegar vácuo dos adversários. Existe também o contra-relógio por equipe onde os integrantes da equipe correm todos juntos e fazem o revezamento do vácuo para conseguir andar no maior ritmo possível.

Clássicas
São provas de um dia, a mais famosa é a Paris-Roubaix disputada em grande parte sobre paralelepípedos. No Brasil a clássica mais famosa é a 9 de julho realizada em São Paulo.

Prova por Etapas ou Volta Ciclística
Corridas que duram dois ou mais dias. A corrida é cronometrada e o tempo de cada ciclista é registrado. Vence o atleta que completar o trecho determinado em menor tempo. Um grande exemplo disso é o Tour de France, a mais famosa prova por etapas do mundo que tem três semanas de duração.

Prólogo
Em uma volta ciclística, é um pequeno contra-relógio onde se define quem será o primeiro ciclista a usar a camisa de líder, em geral amarela.

Meta Volante
É uma chegada intermediária durante uma prova de ciclismo, quem cruzar primeiro ganha prêmios ou bonificações em tempo. No Tour de France o líder veste a camisa verde.

Prêmio de Montanha
Mesmo que uma meta volante, porém sempre no alto de uma montanha, o líder desta classificação do Tour usa uma camisa branca cheia de bolinhas vermelhas.

Botar a cara no vento ou puxar
Sair do vácuo proporcionado pelos ciclistas imediatamente à frente e ditar o ritmo.

Andar na roda
Ficar atrás de outro ciclista a uma distância de poucos centímetros aproveitando-se do vácuo.

Atacar, torcer o cabo ou dar uma paulada
Tentar uma fuga aumentando a velocidade repentinamente.

Sobrar de roda
Quando um atleta que está no vácuo do outro não consegue mais acompanhar o ritmo e fica para trás.

Quebrado ou pregado
Muito cansado.

Afogado
É quando um ciclista está forçando muito que chega a sentir falta de ar, não podendo manter o ritmo que estava antes.

Prego de fome
Quando o ciclista não se alimenta durante o treino ou competição e de uma hora para outra bate a fraqueza e não consegue mais manter o ritmo.

Tirar o bilhete
Quando o ciclista não consegue mais acompanhar o ritmo do pelotão que está se desmanchando, significa que chegou a sua vez.

Homem do Martelo pegou
Fala-se quando o ciclista literalmente pregou na estrada.

Braço duro ou pato bravo
Ciclista que não sabe andar no meio do pelotão.

Bater Guidão
Quando um ciclista está fazendo uma disputa com outro.

Ir à morte
Dar o máximo de empenho.

Escalera
Vem do Espanhol “escada”, é uma forma de revezamento que tem este formato muito comum em lugares com vento, pois só se consegue o benefício do vácuo andando na lateral para trás de outro ciclista.

Caramanhola
Squeeze ou garrafinha para levar a água.

Panela
Buraco muito grande na estrada.

Volantão, coroão ou prato
Engrenagem dianteira grande, utilizada para altas velocidades.

Bob
Bunny Hop ou bicicleta Full Suspension que balança muito, mesmo no plano.

Bunny Hop ou Bunny Up
Levantar a roda da frente e depois a traseira. Manobra básica.

Camelo, Magrela ou Réca
Apelidos para as bikes

Dar um rolê
Dar uma volta

Freerideiro
O praticante de freeride

Grau ou Wheelie
Andar se equilibrando apenas na roda traseira, empinando e pedalando.

Imprimir o aro
Bater em algum obstáculo de forma a amassar o aro.

Pé duro
Ciclista fraco

Pivot 180°
Apoiar-se na roda dianteira e girar a bike em 180 graus

Prego
Ciclista de pouca habilidade

Ratoeira
Bicicleta gambiarrada, que pode ou não pôr em risco o piloto.

Trator
Bicicleta muito boa.

Tomar um capote
Cair, levar um tombasso.

Zerar
Obter sucesso em manobras ou pistas.

Cavalo
Ciclista que pedala muito forte, Ex: Esse cara é um cavalo pedalando!

Bruto, Brutalidade, Bruto Demais
Ciclista forte, não empurra a bike nas subidas, que não finge.

Ninguém Quer Ser Feio (NQSF)
Ninguém mais quer ficar pra trás, todos estão treinando para não fazer feio.

Sem Fingimento
Ciclista que treina forte, sem fingir, faça chuva ou faça sol.

Sem João Klebismo
Ciclista que não finge, que pedala sem fingimento.

Chá de selim
Fazer treino intensivo em cima da bicicleta, cumprir planilha, não fingir nos treinos.

KOM ou QOM
Siglas popularizadas pelo aplicativo Strava para definir o atleta que é REI ou RAINHA da montanha. KOM (King of Mountain) e QOM (Queem of Mountain).
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário