Américo Vieira, um ciclista de vanguarda em Curitiba

Desde 1983 no Paraná, este Manauara é quem melhor entende dos "paranauê" das bicicletas em Curitiba! 
Américo cicloturismo em SC
José Américo dos Reis, mais conhecido como Américo, começou a andar de magrela em Manaus. Em 1966 já competia pela Monark e ganhou a sua primeira prova - o prêmio era um Motoradio. Ele comenta que, quando recebeu o rádio, perguntou ... “E a moto?” 

Nos anos 70, começou a viajar pelo país, participando de eventos ciclísticos em cidades como Brasília (1974) e Florianópolis (1977). Com esses desafios, foi imprimindo sua marca de superação, vitórias e, o mais importante, o conhecimento.
Ciclista José Américo dos Reis Vieira
Então, 1978, montou sua primeira equipe de corrida, permitindo-lhe também conhecer Curitiba, cidade onde mora até hoje. Foi na capital paranaense que Américo montou sua primeira oficina, lá pelos idos de 1984, a Park Bike.

Com o passar do tempo, e adaptando-se ao povo curitibano, Américo foi percebendo certas oportunidades de ampliar as atividades de ciclismo na cidade. Daí surgiu a ideia de criar uma bike escola e começou a ensinar as pessoas a pedalar, cultivando a prática do ciclismo e, consequentemente, contribuindo para o estigma de cidade verde e ecológica.
Com o Governador do Paraná Beto Richa



Em 1990, com o crescimento do ciclismo, Américo começou a organizar passeios e expedições de bicicleta pelas belas estradas off road da região, como a estrada da Graciosa (Quatro Barras, Morretes, Antonina, entre outros) sempre em grupos. No entanto, o prazer pela bicicleta foi além, e Américo então montou a Bike Tour, uma espécie de agência de Cicloturismo, hoje referência no Sul do país.
Bike Tour Club Escola de Bike








José Américo dos Reis Vieira praticamente inaugurou o cicloturismo em Curitiba, ensinou muita gente que hoje é líder de grupos de pedal da cidade. A Bike Tour, sua oficina, escola e loja de bicicletas, funciona também aos domingos, e lá o simpático Américo oferece água gelada, frutas e livros. Você também pode aprender a andar de bicicleta com ele, participar de viagens ou realizar outras tantas atividades desenvolvidas por este senhor de quase 70 anos. Você só tem a ganhar, em saúde e momentos de alegria.

Cicloturismo em SC. Foto: Valmir Singh
Uma tarde com este personagem importante do ciclismo já daria um livro, aliás seu "best seller" já está sendo escrito. Quem viver verá!

Por Ivan Mendes © LOBI
Compartilhe no Google Plus

1 comentários: